Adriano Sousa

Eu por você


Sempre que me olhas, eu estremeço

E fico a pensar, será que mereço?

Sempre que me tocas, eu arrepio

E fico a pensar, será desafio?

Ouço a tu voz pelo telefone

Não esqueço de ti, passo a noite insone.

Você me visita, eu respiro fundo

As vezes penso, existe outro mundo?

É no seu mundo que eu me sinto bem

Estou te esperando, me diz quando vem.

Só quero você, estou decidido

O que queres de mim? Atendo o pedido.

Francisco Adriano de Sousa